domingo, 1 de maio de 2016

Em jogo eletrizante, América e ABC empatam em 3 a 3 na Arena das Dunas.

Em um jogo eletrizante, América e ABC empataram em 3 a 3 na tarde deste domingo (1) na Arena das Dunas. A partida começou movimentada, com o alvirrubro marcando aos seis e aos quarenta e oito minutos do primeiro tempo. Durante a segunda etapa, o alvinegro empatou com um gol contra de Thiago Dutra e o outro a favor, marcado por Echeverria.

Já aos 31 minutos, Flávio Boaventura marcou de cabeça e deixou o América novamente na frente. Contudo, no finalzinho da partida, já aos 48 minutos, Lúcio Flávio cobrou escanteio, Márcio Passos desviou de cabeça e Nando aproveitou para cabecear e empatar o clássico.

Com o empate na Arena das Dunas, nenhuma das equipes saí na frente na briga pela taça de Campeonato Estadual. Em caso de novo empate no Frasqueirão, o título será decidido em cobranças de pênalti.

No próximo sábado (7), as duas equipes se enfrentam pelo segundo jogo da final do Campeonato Potiguar. A finalíssima acontece no estádio Frasqueirão, a partir das 16h. 

Veja mais detalhes do jogo em LEIA MAIS...
A partida começou movimentada, logo aos seis minutos do primeiro tempo, o América abriu o placar na Arena das Dunas. Rômulo aproveitou bobeira da defensiva alvinegra, ficou cara a cara com Vaná e mandou a bola para o fundo das redes.

Pouco depois, aos doze minutos, o alvirrubro chegou com perigo novamente. Cobrando falta, Alex Cazumba obrigou o goleiro do ABC a fazer boa defesa. Em seguida, o alvinegro tentou responder, mas as investidas não assustaram o goleiro Pantera.

Aos vinte e cinco minutos, o atacante Nando tentou surpreender o arqueiro americano. O camisa 9 do ABC arriscou um chute da intermediária, mas a bola passou por cima do gol do América.

Após a tentativa do alvinegro, o América também criou chegou algumas vezes ao ataque, mas também sem sucesso. Já aos trinta e seis minutos, o atacante Nando chutou bem de fora de área, mas Pantera ficou com a bola.

Mesmo com as investidas do ABC, o alvirrubro ainda conseguiu marcar no finalzinho da primeira etapa. Thiago Potiguar fez bela jogada pela direita e cruzou para Rômulo, que aproveitou mais uma falhada da defesa adversária para marcar outro gol. Fim de primeiro tempo: América 2 x 0 ABC.

Na etapa completar o ABC voltou melhor. Logo no primeiro minuto, Nando chutou bem, mas Pantera fez grande defesa. No minuto seguinte, Lúcio Flávio cobrou escanteio curto para Echeverria, que cruzou para área - onde Tiago Dutra, na tentativa de afastar o perigo - acabou marcando contra. América 2 x 1 ABC.

Após o gol, o ABC cresceu na partida e continuou pressionando o rival. Contudo, aos 14 minutos, o América chegou com muito perigo. Cascata dominou a bola, cruzou para Thiago Potiguar, que acabou tocando a bola na trave do goleiro Vaná.

Apesar da resposta alvirrubra, o alvinegro empatou aos dezesseis minutos. Dentro da área, Nando tocou de calcanhar para Echeverria, que bateu no canto superior esquerdo de Pantera. América 2 x 2 ABC.

Depois de sofrer o empate, o América ainda conseguiu reagir. Aos trinta e um minutos, Cascata cruzou na área e Flávio Boaventura aproveitou para marcar de cabeça e desempatar a partida. América 3 x 2 ABC.

Mesmo depois de sofrer o terceiro gol, o alvinegro não se deu por vencido e aos 48 minutos garantiu o empate. Lúcio Flávio cobrou escanteio, Márcio Passos desviou de cabeça e Nando aproveitou para dar números finais ao Clássico-Rei. América 3 x 3 ABC.

Ficha Técnica

Campeonato Potiguar

América 3 x 3 ABC

Local: Arena das Dunas

Horário: 16h

Árbitro: Jean Pierre Gonçalves (RS)

Assistentes: Kléber Lúcio Gil e Nadine Schramm Câmara Bastos (SC)

Quarto árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)

Cartões amarelos: Pantera (América), Rômulo, Bruno Renan; Jones Carioca, Jeferson Lima, Zaquel e Alex Ruan (ABC)

América: Pantera, Gabriel, Boaventura, Gustavo, Cazumba; Tiago Dutra (Pedro Ivo), Felipe Macena, Bruno Renan, Cascata; Thiago Potiguar (Mateus) e Rêmulo (Alan Siva). Técnico: Moura

ABC: Vaná, Filipi Sousa, Montanha, Léo Fortunato (Jeferson Lima / Zaquel) e Alex Ruan; Márcio Passos, Erivélton (Chiclete), Echeverria e Lúcio Flávio; Jones Carioca e Nando. Técnico: Geninho

Nenhum comentário:

Postar um comentário