sábado, 19 de dezembro de 2015

Oito pessoas são presas por fraude em licitação de restaurantes populares.


Tribuna do Norte – Oito pessoas foram presas na manhã desta sexta-feira (18), quando ocorreria a licitação para o fornecimento as restaurantes populares do Rio Grande do Norte. A abertura das propostas ocorreria na sede da Secretaria de Trabalho, Habitação e Assistência Social do RN (Sethas). Segundo o Ministério Público, as oito pessoas foram presas em flagrante.
De acordo com informações preliminares, os envolvidos são empresários e representantes de empresas que fornece refeições. Eles são suspeitos de combinarem preços anteriormente para apresentarem durante a licitação, de aproximadamente R$ 21.118.284,00 para o fornecimento e distribuição de refeições para o programa Restaurante Popular do Rio Grande do Norte.
O esquema foi descoberto antes que a licitação fosse finalizada e a Polícia Civil junto ao Ministério Público realizou as prisões no local onde haveria a abertura das propostas. Todos foram levados para a Delegacia Especializada de Crimes Contra a Ordem Tributária (Deicot), onde prestarão esclarecimentos. A Polícia Civil dará mais informações sobre o caso ainda nesta sexta-feira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário