sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Candidatos ao Governo fazem último debate antes da eleição.

Como era previsto, o clima foi quente no último debate entre os candidatos ao Governo do Estado. Henrique Alves (PMDB) e Robinson Faria (PSD) trocaram acusações, criticaram aliados dos adversários, mas também apresentaram propostas para uma possível administração. 

Logo no primeiro embate, os candidatos discutiram sobre a questão habitacional. O candidato Henrique Alves falou sobre a atuação que teve como relator da proposta do Minha Casa, Minha Vida. Por outro lado, Robinson enalteceu o trabalho do Governo Federal. "O candidato posa como autor, mas foi relator". "Foi por causa da minha relatoria que o projeto passou a beneficiar 164 municípios a mais do que beneficiaria no RN", rebateu Henrique.

Veja detalhes em LEIA MAIS...
A corrupção e transparência também entraram em discussão no debate dos candidatos. Questionado sobre os projetos nessa área, Robinson propôs que seja criado um órgão de controle sobre os gastos e licitações. "Vamos procurar os órgãos de controle e propor para que se crie um comitê de monitoramento de todas as licitações do nosso estado. A sociedade irá acompanhar passo a passo cada investimento de nosso governo. Queremos Unificar setor de compras dos estados", disse Robinson.

Henrique, na réplica, disse que tem propriedade para tratar sobre transparência com base em sua atuação como parlamentar. "Como presidente da Câmara eu já fiz muito. Quando comandei a derrubada da PEC 37, que retirava o poder do MP, e quando acabei com a votação secreta para a cassação de parlamentar. Hoje é voto aberto. Eu já fiz. Quem já fez tem como norma a ética a transparência e vai fazer muito mais".

O debate foi o último entre os candidatos ao Governo neste ano. Ao fim do encontro, os dois avaliaram positivamente a promoção e participações no debate, pedindo votos e garantindo que têm os melhores projetos para o estado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário